Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

beyondbeauty

Aprender a conduzir

Finalmente chegou o dia em que aprendi a conduzir ! Pois é... Na minha família aprende-se a conduzir uns com os outros, o meu irmão aprendeu a conduzir com o meu padrinho, e eu aprendi, ontem, a conduzir com o meu irmão. Já lhe tinha dito que estava na hora de aprender a conduzir, visto que este ano vou fazer 18 anos. Estava muito nervosa porque sou pequena e o carro não é propriamente uma coisa pequena, pelo contrário. Mas pronto, lá fui eu com o meu irmão. Ele já tinha andado à procura de locais onde não houvesse muito movimento, e encontrou um perfeito, na zona industrial. Sábado pergunta-me, se domingo de manhã, ia fazer algo.Como é óbvio disse que ao domingo de manhã nunca faço nada ! Combinamos acordar mais cedo e lá fui eu toda nervosa, aprender a conduzir. Consegui reparar que ele próprio estava igualmente nervoso, sabe-se lá, devia de estar com medo que mal eu tocasse com o pé no acelerador lá se ia o carro...  Mas não, ele no inicio queria que eu me sentasse no colo dele, de maneira que se eu fizesse asneiras parava logo a fundo, mas ou chegava eu aos pedais ou ele, visto que ele é grande e eu sou pequena. O rapaz ficou todo atrapalhado e depositou toda a confiança que restava em mim. Ensinou-me a ligar o carro, ainda deixei ir abaixo umas 5 vezes, mas é normal. Mal eu começava a festejar que estava a guiar, o rapaz dava-me um berro para ter atenção que os festejos ficavam para mais tarde ! Vá, que as coisas correram bem, esquecia-me umas coisas e o rapaz começava a olhar para mim com uns olhos que pareciam que iam matar-me mas eu remediava logo o erro ! 

Como o azar gosta de me perseguir, aparece um carro! Entro logo em pânico e queria que ele saltasse para o meu lugar! Ele todo calmo e descontraído, apenas disse para eu continuar e apenas ter atenção. Como eu gosto de prevenir do que remediar, parei a 5 metros de distância do homem caso acontece-se qualquer coisinha e depois lá se ia a confiança toda que o rapaz tinha depositado em mim ! Depois quem se lixava era eu, que só ia tocar no carro quando fosse para a escola de condução !

 No final deixou-me dar duas voltas à vontade, que foi a melhor parte. No final ele até admitiu, que estava com medo que eu fosse pior a conduzir, e que até lhe surpreendi pela positiva, pois mal errava admitia logo o erro e rectificava ! O único problema é que tinha imensas tampas de saneamento e tinha de andar ao zigue-zague pois a rua não estava nas melhores condições, algumas não conseguia esquivar-me, e apanhava-se momentos de turbulência. 

 

 

 

Como se pode ver, foi necessário puxar o banco todo para frente para puder chegar aos pedais! Mas nada que não se resolva!  

2 comentários

Comentar post